sábado, 10 de dezembro de 2011

BOAS FESTAS!

Todos temos um modo de ver o Natal. A nossa perspectiva nunca é igual à dos outros, o que trás magia e fornece a capacidade de vivermos como um SER ÚNICO e faz emergir a necessidade de COMPREENSÃO de abraçar o outro. Em nossas diferenças, devemos sempre buscar o bem do próximo. O Natal é mais do que um espírito consumista é um sentimento de esperança.
Cada ano vem um Natal, nenhum igual ao anterior. A magia apodera-se e o mais importante é conseguir a prenda para o outro, que ainda não sabemos bem o que é. Há a instalação de um caos aconchegador, e ânsia pela noite de Natal. Mais do que o significado religioso que este dia transmite, porque é na religião que chega este quadra festiva, o Natal é um novo começo, um motivo de festa, de celebração e de aconchego.
Por toda as novas felicidades que este Natal nos trás, e todas aquelas que o ano novo vai trazer; por todas as tristezas e dificuldades que neste dia temos a capacidade de deixar escorregar, e por todas as outras que virão no ano que se avizinha mas que conseguiremos tirar partido delas para crescer, desejo um Feliz Natal e um Prospero ano novo a todos.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

DIVULGAÇÃO DO BLOG DO CVT POMBAL

A semelhança do que pude constatar no ultimo Congresso Brasileiro de Sementes, onde vários profissionais da área diziam acompanhar o blog "O SEMENTEIRO" (http://semeandoacaatinga.blogspot.com/) o blog "CVT POMBAL" também vem se destacando e sendo citado em períodos nacionais. Na ultima edição da Revista Higiene Alimentar v.25, N.198/199 de 2011, a revista destacou o endereço do blog oportunidade em que divulgávamos o IV SICTA - Simpósio de Ciências e Tecnologia de Alimentos. 




Acredito que precisamos colaborar e divulgar mais os trabalhos desenvolvidos e claro, divulgar sempre que possível o próprio blog. É credibilidade!

Participem! Divulguem!

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

MUTIRÃO "ÁRVORE DE NATAL"

A diretoria do CVT Pombal, convoca a todos os voluntários e colaboradores para participarem do mutirão para montar a nossa Arvore de Natal. O mutirão acontecerá na próxima sexta (25/11/2011) a partir das 07:00 horas. Solicitamos a todos que colaborem levando garrafas do tipo "pet".


domingo, 20 de novembro de 2011

MODELOS DE CAMISAS PARA O PROJETO MEIO AMBIENTE DE POMBAL

Atenção galera do projeto "Meio Ambiente de Pombal" por favor votem em uma das quatro opções de camisas para os membros do projeto! A votação deve acontecer na enquete ao lado que tem o número correspondente a cada uma das propostas.




MODELO 01



MODELO 02




MODELO 03


MODELO 04



terça-feira, 8 de novembro de 2011

REUNIÃO COM TODA EQUIPA DO PROJETO MEIO AMBIENTE DE POMBAL



Atenção a todos os voluntários do Projeto "Meio Ambiente de Pombal"

Na próxima quarta-feira (16/11/2011) às 17:00 horas haverá reunião no auditório  do CVT. Contamos com a presença de todos (novos e antigos).

Na oportunidade serão tratados os seguintes pontos:

- Definição das atividades (levantamento da arborização urbana e início da produção de mudas)
- Ajuste de dificuldades no andamento das atividades
- Programação das próximas etapas que visam o início da adequação da arborização do bairro do Pereiros
- Definição da arte para providenciar a confecção das camisas do projeto
- Confraternização 2011 da equipe do CVT

Informamos que essa reunião é de extrema importância para a solução de alguns problemas que andam surgindo no andamento do projeto e sendo assim a presença é indispensável. Aquelas pessoas que não estiverem presentes na reunião entenderemos como não interessadas em continuar no projeto estando portanto desligadas.

Atenciosamente.

Responsáveis pelo Projeto (Profs. Kilson e Ricélia)

sábado, 8 de outubro de 2011

TREINAMENTO COM NOVOS VOLUNTÁRIOS


Atenção a todos os novos alunos que estão colaborando com o Projeto "Meio Ambiente de Pombal". Segunda-feira (10/10/2011) ás 17:00, no CVT, haverá reunião para repasse de informações sobre preenchimento das planinhas de coleta de dados da arborização urbana. Os alunos que não estiverem presentes poderão ser desligados do projeto.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

REUNIÃO COM EQUIPE DO PROJETO "MEIO AMBIENTE DE POMBAL"


Na próxima segunda-feira 26/09 as 17:00 horas no CVT-Pombal, estaremos realizando mais uma reunião com toda equipe do projeto "Meio Ambiente de Pombal". Será definido as estratégias de trabalho que visam concluir o levantamento da arborização urbana do município e definir o início da produção de mudas.
O número de pessoas dispostas a colaborar com as atividades vem crescendo a cada dia. Definiremos tudo com muita precisão e faremos o controle de frequência.
Todos juntos conseguiremos atingir nossos objetivos.

domingo, 18 de setembro de 2011

RESUMOS ENCAMINHADOS PARA O 15º CONGRESSO BRASILEIRO DE ARBORIZAÇÃO URBANA E 1º CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE ARBORIZAÇÃO URBANA

Depois de muitos contratempos, finalmente conseguimos encaminhar resumos expandidos para o 15º CONGRESSO BRASILEIRO DE ARBORIZAÇÃO URBANA E 1º CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE ARBORIZAÇÃO URBANA.



Os resumos encaminhados são intitulados:

RESUMO 01:
CONFLITO SOCIOAMBIENTAL E DESAFIO PARA O PLANEJAMENTO E GESTÃO DA CIDADE DE POMBAL-PB REVELADO ATRAVÉS DA ARBORIZAÇÃO

RESUMO 02:
RAÍZES E COPAS DAS PLANTAS: O DESAFIO DE ADEQUAÇÃO DA ARBORIZAÇÃO NO BAIRRO DOS PEREIROS, NA CIDADE DE POMBAL-PB

RESUMO 03:
DIAGNÓSTICO FITOSSANITÁRIO DA COMPOSIÇÃO ARBÓREA DO BAIRRO PEREIROS DO MUNICÍPIO DE POMBAL, PB

RESUMO 04:
DIAGNÓSTICO QUALI-QUANTITATIVO DA ARBORIZAÇÃO URBANA DO BAIRRO PEREIROS EM POMBAL, PB

Este é mais um resultado da equipe que faz o CVT Pombal. Os resumos encaminhados foram consequentes do projeto "O Meio Ambiente de Pombal", que dentre muitas atividades relacionadas, busca contribuir com a melhoria do meio ambiente e conscientização da sociedade como um todo nas questões ecológicas. Muito em breve estaremos iniciando mais uma etapa do projeto que visa capacitar membros da sociedade nas técnicas de viveirismo, favorecendo aos mesmo mais uma oportunidade de geração de renda através da produção de mudas de uso múltiplo. 
Parabéns a todos que fazem o CVT Pombal.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

ALTERAÇÃO DO ENDEREÇO DO BLOG "O SEMENTEIRO"

Buscando melhorar a divulgação do blog "O Sementeiro" e levando em consideração que o mesmo tem sido visitado por profissionais da área, estamos fazendo alterações no mesmo. Neste sentido, o novo endereço do mesmo passa a ser: http://semeandoacaatinga.blogspot.com/

domingo, 14 de agosto de 2011

PARAÍBA VAI SEDIAR CONGRESSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS EM 2012


Inserir a Paraíba na rota de importantes congressos e eventos profissionais, esse tem sido o esforço do Convention Bureau de João Pessoa que acaba de confirmar a cidade de João Pessoa (PB) como sede de mais um importante Congresso. Trata-se de evento nacional na área de engenharia de alimentos que trará a capital paraibana cerca de 800 participantes e será realizado em 2012. A informação repassada é do Gerente Executivo do Convention Bureau de João Pessoa, turismólogo Ferdinando Lucena, que esteve na disputa do eventos na cidade do Recife/PE operacionalizando com a entidade local, o processo para a viabilização do evento e firmando compromissos para inserção das empresas associadas a Entidade como fornecedoras, efetivando assim, a comercialização, aumento no f luxo de turistas e a movimentação da economia local.
A conquista de mais este importante congresso, que acontece de forma anual, foi para João Pessoa "fruto do apoio sistemático e integrado que vem sendo conduzido pelo Convention Bureau da capital, numa ação compartilhada envolvendo SEBRAE, todas as Entidades do Trade Turístico, Governo da Paraíba, através da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico/PBTUR, Prefeitura de João Pessoa, através da Secretaria Municipal de Turismo, além de diversos outros parceiros indiretos e está diretamente ligado ao novo projeto de ampliação do fluxo de visitantes, proposto pelo CVB pessoense", disse Lucena.
Mais Eventos - Nos próximos meses, vários seminários técnicos estão previstos e ocorrerão permanentemente para que as categorias profissionais que geram fluxo de visitantes para a Paraíba sintam-se estimuladas a promoverem seus eventos na capital. O Convention & Visitors Bureau, responsável pelo apoio aos processos de captação de congressos e eventos técnico-científicos para a capital, vai concentrar esforços no sentido de ampliar a diversificação de importantes eventos nos próximos anos. O objetivo é identificar previamente em quais disputas a cidade de João Pessoa pode entrar para sediar eventos de porte nacional e até internacional, além de ajudar essas entidades a conseguir fazer suas captações.


IV SICTA - 12 a 14 de Novembro de 2012, João Pessoa/PB

Atenção! Vem aí o IV SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS, que acontecerá em João Pessoa de 12 a 14 de Novembro de 2012. Maiores informações em breve!

sábado, 13 de agosto de 2011

15º CONGRESSO BRASILEIRO DE ARBORIZAÇÃO URBANA E 1º CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE ARBORIZAÇÃO URBANA



PRAZO PARA ENVIO DE TRABALHOS ATÉ 31 DE AGOSTO DE 2011.


Criada em 1992, na cidade de Vitória, Espírito Santo, a Sociedade Brasileira de Arborização Urbana – SBAU, sem fins lucrativos, busca fazer avançar a arboricultura brasileira através do desenvolvimento da ciência e tecnologia, da profissionalização da atividade e da conscientização pública.
A SBAU realiza anualmente o Congresso Brasileiro de Arborização Urbana. Este ano a edição do congresso ocorrerá paralela ao Ibero-americano , (15° Congresso Brasileiro de Arborização Urbana – 15° CBAU e o 1° Congresso Ibero-americano de Arborização Urbana – 1° CIAU). Acontecerá de 06 a 11 de novembro em Recife, Pernambuco, no qual espera-se reunir 800 participantes.
A Sociedade Brasileira de Arborização Urbana – SBAU, a International Society of Arboriculture - ISA e a Prefeitura da Cidade do Recife por meio da Secretaria de Meio Ambiente estão à frente na promoção e realização desse congresso internacional.
Esse grande evento em Recife faz remeter a acontecimentos históricos que não poderiam deixar de ser lembrados. Estudos sobre o Paisagismo no Brasil apontam o estado de Pernambuco com referências marcantes, especialmente, em Recife. Blossfeld (1983) afirma que a mais antiga manifestação do paisagismo no Brasil ocorreu na primeira metade do século XVII em Pernambuco; os estudos de Mesquita (1998) indicam que nesse mesmo período o Recife foi, provavelmente, o primeiro núcleo urbano a dispor de arborização de rua no continente americano, tudo por iniciativa do Conde João Maurício de Nassau, durante o período holandês. Recife tem um patrimônio histórico paisagístico magnífico, além da mais antiga arborização projetada no Brasil. Além disso, aqui, registra-se também a passagem do paisagista Roberto Burle Marx e suas obras extraordinárias. E esta cidade abriga, ainda, os ares desse passado.
Este ano será muito importante para o patrimônio arbóreo de nosso planeta. A Assembleia Geral das Nações Unidas, representada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) elegeu 2011 como o Ano Internacional das Florestas, no qual irá transmitir ideias e fomentar diversas ações em favor das florestas.
O 15° CBAU & 1° CIAU com foco direcionado na “Responsabilidade Pública e Qualidade Ambiental”, abraçam o Ano Internacional das Florestas incluindo-o na temática da programação do evento. Contando com a experiência de renomados palestrantes brasileiros e internacionais, esse Congresso Internacional será o maior fórum para discussões e soluções no cenário do paisagismo das cidades, em especial da arboricultura, voltado às práticas adequadas, à arborização e as florestas urbanas. As questões ambientais abordadas estarão associadas a biomas e ecossistemas cujas buscas das relações ecológicas favoreçam o equilíbrio biológico, imprescindíveis ao bem-estar humano.
Aproveitamos para convidar todos os interessados, notadamente, os colegas de países ibero-americanos para participarem dos estudos e discussões de um tema sem fronteiras, Arboricultura.
É certo que, o compromisso com a responsabilidade ambiental de instituições/empresas de consciência ecológica definida eclode a cada dia e cada vez mais. Nesse sentimento e pela necessidade de viabilizar o 15º CBAU e 1º CIAU, conclamamos todos como parceiros, engajando-se no processo de apoio/patrocínio desse grande evento internacional, que, sem dúvida, será um marco para a Arboricultura Brasileira.
Os interessados em apresentar trabalhos durante o 15º Congresso Brasileiro de Arborização Urbana e 1º Congresso Ibero-americano de Arborização Urbana deverão enviar seus trabalhos até o dia 31 de agosto de 2011. Os trabalhos deverão seguir as orientações do modelo de resumo expandido acima.
Os trabalhos deverão ser enviados pelo site do evento, através da área reservada (item abaixo do menu). Os trabalhos enviados sem os comprovantes de inscrição e de pagamento não serão analisados. Cada inscrição dará direito ao envio de até 2 trabalhos. Pelo menos um dos autores do trabalho deverá estar inscrito no 15º Congresso Brasileiro de Arborização Urbana e 1º Congresso Ibero-americano de Arborização Urbana.
Os trabalhos deverão se enquadrar em uma das áreas de conhecimentos abaixo: » Ecologia Urbana» Paisagismo Urbano» Planejamento e Gestão Urbana
» Silvicultura Urbana
A Comissão Organizadora do 15º Congresso Brasileiro de Arborização Urbana e 1º Congresso Ibero-americano de Arborização Urbana enviará por e-mail a confirmação automática do recebimento da mensagem enviada. Posteriormente, será enviada a confirmação da inscrição, da submissão do trabalho e do recebimento de comprovante de pagamento. Todos os trabalhos serão analisados e julgados pelo Comitê Científico do evento.
Os trabalhos inscritos deverão ser originais e inéditos. Trabalhos já publicados em outros meios de comunicação não serão aceitos. Para efeito do disposto neste item, consideram-se originais e inéditos os trabalhos que não constituam adaptações e resumos de outros trabalhos e, se estrangeiros, de suas traduções, e que não tenham sido publicados ou apresentados em congressos e certames afins, nem submetidos a concursos.
O idioma oficial dos trabalhos a serem apresentados no 15º Congresso Brasileiro de Arborização Urbana e 1º Congresso Ibero-americano de Arborização Urbana é o português.

NORMAS PARA ENVIO DE RESUMOS EXPANDIDOS A SEREM APRESENTADOS NA SEÇÃO DE POSTERS
Primeiro Autor¹, Segundo Autor² e Terceiro Autor³Autores (nome e sobrenome) (no máximo 06 aut).
Instituição, endereço e e-mail do autor que irá apresentar o trabalho ou para quem a correspondência deve ser enviada.
Palavras-chave: 3 a 4 palavras-chave separadas por vírgulas.
Introdução: Visão geral sobre o assunto com definição dos objetivos do trabalho, indicando a relevância da pesquisa. O resumo expandido deverá ter três páginas. Deste total, pelo menos duas páginas devem ser dedicadas para o texto. As ilustrações (gráficos e figuras) podem ser na última página (terceira página) ou se preferir dentro do texto. Os trabalhos serão revisados pela Comissão Científica do evento, podendo ser aprovados ou rejeitados. Os trabalhos aprovados serão publicados, eletronicamente, nos Anais do evento.
Metodologia (ou Material e Métodos): O resumo expandido deve ser submetido como um arquivo que será enviado eletronicamente, através do site do evento. O resumo deve estar formatado segundo este documento modelo, como um arquivo do Microsoft ® Word (Salvar como Documento do Word 97-2003 - .DOC). A fonte do texto éarial 11, margens 2,5 cm (superior, inferior, direita e esquerda) e espaçamento 1,5 entre linhas e 0 pt (antes e depois). O trabalho deve conter uma Introdução (incluindo objetivos)Material e Métodos, Resultados, Discussão (Resultados e Discussão podem estar reunidos), Conclusão, Agradecimentos (opcional) e Referências. Na lista de autores, sublinhe o apresentador do trabalho e não abrevie o nome dos autores (nome seguido do sobrenome). As filiações deverão ser citadas logo abaixo dos nomes dos autores. Os nomes científicos, incluindo os gêneros e categorias infragenéricas, devem estar em itálico. Siglas e abreviaturas, quando usadas pela primeira vez, devem ser precedidas do seu significado por extenso, como no exemplo: Sociedade Brasileira de Arborização Urbana (SBAU).
Resultados e Discussão: Os resultados deverão ser discutidos, preferencialmente, fazendo referência a medidas e cálculos estatísticos aplicados. Figuras, gráficos e tabelas devem ser posicionadas na última página, após as Referências, ou dentro do texto, se preferir. Recomenda-se a inserção de figuras no formato JPG. Figuras coloridas serão permitidas. Todas as figuras deverão ter resolução máxima de 300 pontos por polegada. Recomenda-se a criação de uma única estampa, contendo várias figuras reunidas, numa largura máxima de 17 centímetros. As legendas devem ser posicionadas abaixo das figuras. Título de tabelas deve estar acima das mesmas. Sempre verifique que as figuras e tabelas estejam citadas no texto. Use “Figura”, seguido do número da figura, (ambos em negrito) no início da legenda e no texto (Figura 1, por exemplo; não abrevie). Se a figura é composta de várias outras menores, inclua “A” e “B” para distingui-las, no canto inferior esquerdo de cada, colocando na legenda Fig. 1A, Fig. 1B e assim por diante. Não abrevie “Tabela” nas legendas. Tabelas são numeradas com números arábicos (Tabela 1, por exemplo).
Use fonte 9 ou 10 na tabela e gráficos. Para citações de autores no texto, siga os seguintes exemplos: Johnston (1989), Paiva e Gonçalves (2004) e Lira Filho et al. (2009) ou (SOUZA; BARCELOS, 2005). Nas Referências, os autores devem ser citados em ordem alfabética. Todos os autores devem ser citados; não use “et al.”, a menos que haja seis autores ou mais. Use vírgula e espaço antes das iniciais dos nomes dos autores. Citações de páginas encontradas na Internet são permitidas e devem seguir o exemplo abaixo (no item “referências”). Usar fonte arial 10 para o item referências.
Conclusões: a conclusão do trabalho poderá ser apresentada em item específico ou no final dos Resultados e Discussão. Deverá responder ao objetivo do trabalho explicitado na seção Introdução. Agradecimentos. Item não obrigatório, onde os autores poderão agradecer as instituições de financiamento e fomento, colaboradores, entre outras.
Referências:
FARIA, J. L. G; MONTEIRO, E.A; FISCH, S. T. V. Arborização de vias públicas no município de Jacareí – SP. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Piracicaba, v.2, n.4, p.20-33, 2007.JOHNSTON, M. Community forestry: a sociological approach to urban forestry. Arboricultural Journal. v.9, p.121-126, 1985. LIRA FILHO, J.A.; FONSECA, C.M.B.; ALVES, P.S.; LACERDA, R.M.A. Experiência piloto em arborização participativa em duas cidades de pequeno porte do semi-árido brasileiro. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v.4, n.2, p.26-46, 2009.LORENZI, H.; SOUZA, H. M.; TORRES, M. A.V; BACHER, L. B. Árvores exóticas no Brasil: madeireiras, ornamentais e aromáticas. São Paulo: Nova Odessa, 2003. 368 p.PAIVA, H.N.; GONÇALVES, W. Árvores para o ambiente urbano. Viçosa, MG: Aprenda Fácil Editora, 2004. 180 p.
POLÍTICA. In: DICIONÁRIO da língua portuguesa. Lisboa: Priberam Informática, 1998. Disponível em: . Acesso em: 8 mar. 1999.

DIVULGAÇÃO

 Segue divulgação do site da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana.http://www.sbau.org.br/

segunda-feira, 18 de julho de 2011

PROJETO ALIMENTO VERDE: IMPLANTAÇÃO DE HORTAS URBANAS EM POMBAL, PB



O projeto de Extensão aprovado pela Probex/UFCG, realizado desde 2010, numa parceria com o CVT e a Prefeitura Municipal de Pombal, recebe destaque em Informativos do município por sua importância. O mesmo vem servindo de base para que a prefeitura crie novos programas de incentivo à agricultura urbana.




Segundo a professora Dra. Caciana Cavalcanti Costa da UFCG, Campus Pombal, a implantação de hortas em áreas urbanas vem sendo uma alternativa para transformar terrenos vazios, sejam eles particulares ou institucionais, em espaços que geram alimentação saudável e renda. Essa possibilidade na realidade é um fenômeno em crescimento inspirando a população citadina a aprender a cultivar de maneira correta as hortaliças, como também levar conhecimentos para suas famílias a respeito do valor nutricional que as hortaliças tem e, os benefícios delas para a saúde humana, proporcionando assim uma melhor qualidade de vida e o desenvolvimento de boas práticas ambientais.

Para o Secretário Interino da Ação Social do Município, Denis Januário, está ação conjunta com a UFCG, leva a prefeitura a Repensar o conceito de Agricultura Urbana como fonte de renda para a população e estudar novas possibilidades de projetos futuros, a exemplo das hortas urbanas caseiras.







quarta-feira, 4 de maio de 2011

CVT PROMOVE CURSOS PARA A COMUNIDADE

O CVT - Pombal oferece cursos para a comunidade de Pombal. Segue abaixo os cursos realizados:


Curso de Tecnologia de leite e derivados

Os cuidados higiênico-sanitários de produção do leite e seus derivados desempenham papel fundamental na qualidade do produto final, por isso é fundamental o conhecimento e a atualização do profissional nessa área.
Conteúdo Programático
  • Conceitos gerais;
  • Síntese do leite na glândula mamária;
  • Mecanismo de produção e liberação do leite;
  • Composição do leite;
Professores: Dra. Eliane Rolim Florentino
                    Ricardo Soares Martins

Curso de Tecnologia de pães e derivados

 Desenvolver planejamento de produção, balancear receitas, preparar a massa, efetuar o processo de cocção, dar acabamento ao produto, organizar ambiente de trabalho, trabalhar de acordo com as normas sanitárias, demonstrar competências pessoais, preencher controles de produção, verificar condições de uso e operar máquinas e equipamentos, controlar estoque, desenvolver novos produtos, obedecendo os procedimentos de qualidade, trabalhar em equipe, respeitando as normas de segurança e ambiental.

Conteúdos Programático

 Tecnologia da Panificação
 Teoria da panificação:
 Processamento de pães e derivados:

Professoras: Msc. Mônica Tejo
                    Isanna Florêncio

Os cursos aconteceram nos dias 12 e 13 de maio de 2011 de 13:00 às 18:00hrs
Valor da inscrição: 10,00 Reais

quarta-feira, 30 de março de 2011

PROFESSOR E ALUNOS DA UFCG CAMPUS DE POMBAL PARTICIPAM DE EVENTO SOBRE HIGIENE DE ALIMENTOS EM SALVADOR


De 26 a 29 de abril de 2011, no Bahia Othon Palace, em Salvador-BA, realizar-se-á o V Congresso Latino Americano e XI Congresso Brasileiro de Higienistas de Alimentos, o III Encontro do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal e agregamos a esta edição um grande e novo evento que será o “I Encontro Nacional de Vigilância de Zoonoses e Agravos Causados por Animais de Interesse à Saúde Pública”, visando contribuir para os avanços dos conhecimentos técnicos e para a gestão da Vigilância das Zoonoses. 

Este encontro oportunizará aos participantes conhecer e apropriar-se, em diversas mesas redondas, dos temas mais presentes das zoonoses e participar de discussões em painéis que apresentarão as propostas para a reestruturação da vigilância desses agravos.

Serão discutidos os seguintes temas: desafios à eliminação da raiva; zoonoses vetoriais; zoonoses causadas por roedores; enfermidades zoonóticas de origem alimentar; ações estratégicas; e, gestão da vigilância das doenças e agravos causados por animais de interesse à saúde pública.
Nesta edição teremos como tema central “O alimento nas próximas décadas: produzir sem agredir”. Nota-se entre os pesquisadores da área de alimentos uma crescente preocupação com essa situação, com busca de processos, ingredientes e sistemas de produção para tornar os produtos mais saudáveis aos consumidores e menos agressivos ao meio ambiente. 


Conferências, debates, painéis, experiências bem sucedidas e cursos pré-congressos, somados a palestrantes de alto nível e de renome nacional e também de outros países irão apresentar os temas para debate, além da oportunidade para apresentação de trabalhos científicos que serão apresentados na forma de pôsteres, acessíveis, ainda, em Edição Especial da Revista Higiene Alimentar em forma de resumo expandido, constituem nosso programa científico, que será dedicado aos diferentes profissionais que dão aos eventos seu caráter multidisciplinar.


O ALIMENTO NAS PRÓXIMAS DÉCADAS: PRODUZIR SEM AGREDIR

Acumulam-se os trabalhos sobre a questão da segurança alimentar, em todas as vertentes, desde a questão da produção “limpa” dos alimentos, até o seu consumo equilibrado e livre de ingredientes nocivos. Esse é o desafio que parece se cristalizar para o futuro: o homem procurará, cada vez mais, não só produtos nutritivos mas, sobretudo, saudáveis, que promovam sua saúde e estejam livres não somente de agentes patogênicos, mas que não agridam o meio ambiente, sejam socialmente justos e estejam em perfeito equilíbrio com o mundo globalizado que habita.
 
Assim, o cerne da questão não é mais a discussão sobre a necessidade de se reformular alguns processos de fabricação dos alimentos, a fim de tornar os produtos mais saudáveis aos consumidores e menos agressivos ao meio ambiente. Não, o que deve ser agora discutido, e urgentemente, é a forma pela qual se atingirá tal objetivo, ou seja, como solucionar as dezenas de variáveis que atuam sobre os processos, de modo a mantê-los, a um tempo, produtivos economicamente, seguros sanitariamente e inócuos ambientalmente.
     
Nessa linha, entende-se que o futuro da alimentação estará calcada, irremediavelmente, em qualidade, segurança, sustentabilidade, certificação, em todos os aspectos, econômicos, sociais, políticos. Portanto, definitivamente comprovada é a interação irremediável entre a cadeia de produção dos alimentos, a sanidade do meio ambiente e a saúde do consumidor. Porém, o que não se esperava ocorrer com tanta intensidade e com tanta rapidez era que dessa interação resultasse um sério comprometimento para a saúde do ambiente e do consumidor. Na verdade, reações a esta situação já são observadas em variadas fronteiras: a produção crescente de alimentos orgânicos certificados, a fim de se evitar o uso exagerado de química nos alimentos; a utilização mais racional da água; a adoção crescente de ingredientes funcionais nos alimentos; a pesquisa de novos processos e formulações industriais que tornem os alimentos mais saudáveis; a integração dos organismos de fiscalização sanitária dos alimentos, tanto em nível nacional quanto internacional; a adoção de práticas agrícolas e pecuárias rigorosas em termos sanitários; a tentativa de se garantir o desenvolvimento sustentável do sistema produtivo de alimentos, e assim por diante. Não obstante, urge que tais reações sejam mais rápidas e efetivas, sob pena de se perder de vez a corrida para salvar a saúde do planeta e da humanidade. (José César Panetta)
 
A professora Alfredina dos Santos, coordenadora do Laboratório de Microbiologia irá participar deste evento a acompanhará 12 alunos, os quais irão participar na condição de apresentadores de trabalhos científicos.
Todos os trabalhos foram realizados no laboratório de Microbiologia de Alimentos, e esses enfocam principalmente a qualidade dos alimentos industrializados e comercializados na nossa cidade.

Contamos com o apoio da PRAC da UFCG, do Banco do Nordeste e da Prefeitura Municipal de Pombal.

quinta-feira, 24 de março de 2011

ATIVIDADES DO NUTEA


O Centro Vocacional Tecnológico de Pombal, PB, dentre as demais atividades a que se propõe, vem desenvolvendo em seu Núcleo de Tecnologia e Estudos Abroambientais (NUTEA), um  grande Projeto denominado "MEIO AMBIENTE DO MUNICÍPIO DE POMBAL". Neste, vários sub-projetos encontram-se ligados e um deles se refere ao "Inventário da Arborização Urbana do Município de Pombal", que tem por objetivos:

1. Realizar o diagnóstico qualiquantitativo da arborização urbana;
2. Determinar o índice de áreas verde e de cobertura vegetal para praças;
3. Avaliação do custo de implantação e manutenção da arborização urbana;
4. Realizar o mapeamento da arborização urbana;
5. Avaliar a evolução da urbana e cobertura vegetal;
6. Identificar conflitos existentes entre a arborização urbana e os equipamentos urbanos;
7. Elaborar um banco de dados para cadastro, avaliação e manejo da arborização urbana.

Estas atividades são realizadas pelos Professores: Ricélia Maria Marinho Sales, Kilson Pinheiro Lopes e Luis Gustavo de Lima Sales, do CCTA/UFCG-Campus de Pombal, PB e com a colaboração dos alunos dos Cursos de Agronomia e Engenharia Ambiental daquele Centro, além da participação de agentes da Secretaria do Meio Ambiente do município.

No link abaixo é possível baixar a planilha utilizada no diagnóstico da arborização urbana


http://www.megaupload.com/?d=1AE8O9WM


Vamos juntos fazer a diferença nessa luta!

terça-feira, 22 de março de 2011

DIA 26 DE MARÇO - A WWF PROMOVE "A HORA DO PLANETA"


A Hora do Planeta “Dia 26 março todos vão desligar suas luzes e acender velas”

Earth Hour – Hora do Planeta -  é uma iniciativa global da Rede WWF para enfrentar as mudanças climáticas.

Em um período de 60 minutos do último sábado de março de cada ano -  este ano no dia 26 de março -   pessoas, empresas, comunidades e governo são convidados a apagar suas luzes  para demonstrar sua preocupação e  seu apoio ao combate ao aquecimento global.
A Hora do Planeta respeita os diferentes fusos horários do mundo, ou seja, sempre acontece a partir das 20h30 conforme o horário de cada local. Por isso  o primeiro lugar do mundo a aderir ao movimento deve ser a  Nova Zelândia.
Realizado pela primeira vez na Austrália, em 2007 - quando dois milhões de pessoas desligaram suas luzes durante uma hora – A Hora do Planeta deve mobilizar este ano milhares de cidades no mundo todo.
Centenas de ícones turísticos  serão  apagados, entre os quais a Golden Gate e o Empire State Building, nos EUA, a Cidade Proibida, em Pequim, a Torre Eiffel, em Paris, a Torre de Pisa, na Itália,  a catedral de Helsinki, o Palácio de Buckingham, em Londres, o Portão de Brandemburgo, em Berlim  e o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro.
Para o  turismólogo Carlos Augusto Alves, presidente da Federação Brasileira de Albergues da Juventude, a campanha  “ao mesmo tempo em que é uma advertência é também uma luz de esperança”,  e complementa: "as mudanças climáticas são uma realidade  dramática que não temos como encobrir. As soluções dependem exclusivamente de cada cidadão e  movimentos como este, com certeza são alertas para lembrar que se não for feito alguma coisa, as conseqüências podem ser irreversíveis”.
60 + Hora do Planeta – Recicle-se

A  principal novidade da Hora do Planeta 2011 apresentada pela Rede WWF  é a plataforma de mobilização  ” 60+”. Trata-se de uma ferramenta para reunir iniciativas de  pessoas de todo o planeta para mostrar que é possível enfrentar a ameaça do aquecimento global por meio de ações coletivas.
A proposta da plataforma  “60 +” é envolver pessoas em ações concretas que levem à mudança de hábitos cotidianos. No Brasil, o tema  tratado inicialmente será a reciclagem.  A idéia é esclarecer e influenciar os brasileiros sobre a importância da separação e reciclagem de resíduos sólidos, envolvendo governos, empresas e cidadãos.
A plataforma www.earthhour.org/beyondthehour   funcionará em português e em mais dez idiomas, sendo futuramente integrada ao site da Hora do Planeta no Brasil  www.horadoplaneta.org.br/  .
Por meio das redes sociais, como Twitter, Facebook e Orkut, os usuários ao redor do mundo - sejam indivíduos, governos ou organizações - poderão compartilhar suas ações, seguir exemplos de comprometimento e inspirar outras pessoas para a ação.

segunda-feira, 21 de março de 2011

VISITEM E SIGAM O BLOG "O SEMENTEIRO"


Blog destinado a divulgar trabalho didáticos e técnico-científicos e eventos relacionados a agronomia, com ênfase em meio ambiente e produção vegetal. Lá vocês encontrarão as mais diversas matérias relacionadas as mais diversas áreas, além de também ficarem em dia com os eventos de seu interesse. Sejam bem vindo e façam seus comentários!

domingo, 20 de março de 2011

Mercado: Profissões de futuro

O ENGENHEIRO AMBIENTAL

22 de Março - DIA MUNDIAL DA ÁGUA

Desde os primórdios da humanidade, sabemos que o homem sempre se estabeleceu em locais próximos aos rios e mares, para garantir seu sustento através da agricultura.
A história do Egito faz uma excelente demonstração desse fato, quando os homens, às margens do rio Nilo, fizeram os primeiros aglomerados humanos e construíram as primeiras cidades do mundo. Ali já se registrava o quanto o homem era dependente da água.
Porém, com o passar dos anos, com a evolução da humanidade, a água passou a ser tratada com desrespeito, sendo poluída e desperdiçada.
Por esses motivos, a ONU – Organização das Nações Unidas criou o Dia Mundial da Água, em vinte e dois de março de 1992, para promover discussões acerca da consciência do homem em relação à mesma.
Em dez de dezembro de 2002, o senado brasileiro aprovou o dia nacional da água através do projeto de lei do deputado Sérgio Novais (PSB-CE). O texto destaca que esse deverá “oferecer à sociedade brasileira a oportunidade e o estímulo para o debate dos problemas e a busca de soluções relacionadas ao uso e à conservação dos recursos hídricos.”
A preocupação surgiu através dos grandes índices de poluição ambiental do planeta, envolvendo a qualidade da água que consumimos.
A ONU elaborou um documento com medidas cautelosas a favor desse bem natural, trazendo também informações para garantir a cultura de preservação ambiental, a consciência ecológica em relação à água.
Na Declaração Universal dos Direitos da Água, criada pela ONU, dentre as principais abordagens estão:
- Que devemos ser responsáveis com a economia de água, pois essa é condição essencial de vida; 
- Que a mesma é um patrimônio mundial e que todos nós somos responsáveis pela sua conservação; 
- Que a água potável deve ser utilizada com economia, pois os recursos de tratamento são ainda lentos e escassos; 
- Que o equilíbrio do planeta depende da preservação dos rios, mares e oceanos, bem como dos ciclos naturais da água; 
- Que devemos ser responsáveis com as gerações futuras; 
- Que precisamos utilizá-la tendo consciência de que não devemos poluí-la ou envenená-la; 
- Que o homem deve ser solidário, evitando o seu desperdício e lutando pelo seu equilíbrio na natureza.
Com esse documento, a Organização das Nações Unidas tornou obrigatório que todos os homens sejam responsáveis pela qualidade da água, bem como pela sua manutenção, tendo assim, formas de garantir a melhoria de vida no planeta.
Por Jussara de Barros
Graduada em Pedagogia
Equipe Brasil Escola

sexta-feira, 18 de março de 2011

II CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL & IV ENCONTRO NORDESTINO DE BIOGEOGRAFIA

Os Caminhos para a Conservação da Biodiversidade

Caros membros do NUTEA (Núcleo de Tecnologia e Estudos Agroambientais), vamos aproveitar esta oportunidade para publicar nossa atividades. Mãos à obra!

João Pessoa terá o privilégio de sediar, simultaneamente, no período de 12 a 15 de outubro de 2011, dois importantes eventos acadêmico-científicos: O II CNEA - Congresso Nacional de Educação Ambiental e o IV ENBio - Encontro Nordestino de Biogeografia. Os eventos são realizados pela UFPB – Universidade Federal da Paraíba e pautados no tema “Caminhos para a Conservação da Sociobiodiversidade”, subdividido em 24 eixos temáticos, reunindo em temas específicos os trabalhos enviados pelos congressistas para apresentação e publicação.

A Assembléia Geral das Nações Unidades elegeu 2011 como o Ano Internacional das Florestas, enfocando a conservação e o manejo das florestas e a conscientização do papel decisivo que as matas desempenham no desenvolvimento global sustentável. Conservar florestas é um dos objetivos da Biogeografia, de modo a preservar não somente a vida das árvores, e sim manter viva toda a biodiversidade do Planeta, e com ela as sociedades humanas. A Educação Ambiental é um processo que engloba um esforço planificado, envolvendo os diversos setores da sociedade, especialmente a família, as políticas públicas e todos os níveis de ensino, cumprindo papel fundamental para a conservação da sociobiodiversidade e do ambiente em que vivemos.

No II CNEA e IV ENBio são esperados 1800 participantes e as atividades programadas incluem conferências, palestras, lançamentos de livros, oficinas e espaços de diálogos para discussão das proposições apresentadas pelos congressistas. Os 70 cientistas, pesquisadores e educadores palestrantes confirmados são referências nacionais e internacionais em Educação Ambiental, Biogeografia e diversas outras áreas que integram o binômio Sociedade & Natureza. 

Informações e Inscrições no site www.cnea.com.br

APROVEITO PARA CONVOCAR A TODOS OS ALUNOS QUE FAZEM O "LEVANTAMENTO DA ARBORIZAÇÃO DO MUNICÍPIO DE POMBAL" QUE AGILIZEM SUAS ATIVIDADES. DEPENDENDO DE NOSSOS ESFORÇOS TEREMOS MATERIAL SUFICIENTE PARA PUBLICAR NO EVENTO SUPRACITADO.